[Resenha] Cowboys & aliens

gibi_CowboysAliensSinopse:

Houve um tempo em que um homem só podia contar com seu cavalo e sua pistola. Os índios traavam uma batalha perdida contra colonos europeus e cowboys vagavam em busca de recompensa. Até que alguém de fora entrou na briga – um invasor que via os humanos como inimigos, e estava determinado a conquistar o nosso mundo.

Fonte: Galera Record

Eu já tinha ouvido falar do filme Cowboys & aliens, mas nunca tive a oportunidade de assistir. Quando caiu em minhas mãos a HQ que deu a origem ao filme, não tive dúvidas de que queria lê-la. Afinal, cowboys são legais, aliens são legais… o que poderia dar errado? Bem, tudo.

Logo na primeira página da HQ, o autor já explica para o leitor qual é a comparação básica e a proposta da história: os cowboys americanos tomaram as terras dos indígenas e os escravizaram, e agora um povo alienígena vai fazer o mesmo com a Terra toda. Ou seja, desde o começo fica claro que a história foi escrita simplesmente para explicar o que, no século XXI, não deveria mais precisar de explicação: não foi legal tomar as terras dos índios.

O desenvolvimento dessa proposta é tão amador quanto ela. Na trama, a chegada de alienígenas dominadores em um cenário do velho oeste obriga cowboys e índios a se unirem (num grupo de umas 30 pessoas, com armas muito inferiores às dos inimigos) para defender a Terra. A partir daí, acontece uma série de eventos com ou sem sentido, numa trama mais rápida e com menos consistência do que as de filmes de ação. A impressão que fica é que o autor teve uma ideia mas não quis desenvolvê-la a fundo, ou estava com pressa para contar a história, e o resultado é que a maior parte dos acontecimentos fica sem explicação, apenas jogado na história – cujo foco narrativo muda freneticamente de um personagem para o outro, o que só deixa o leitor ainda mais confuso.

No meio do primeiro ataque inimigo, esta moça que sabe usar chicotes encontra um excelente chicote alienígena dando sopa. Que coincidência gratuita e útil.

No meio do primeiro ataque inimigo, esta moça que sabe usar chicotes encontra um excelente chicote alienígena dando sopa. Que coincidência gratuita e útil.

Os personagens são muito rasos, o que não seria um problema se o autor não tentasse fingir o contrário. Em vez de focar em explicar a trama de ação, ele tenta (sem sucesso) desenvolver relações entre o cowboy protagonista, sua parceira, os índios, um padre, o prefeito da cidade e uma cientista alien. O pior são as cenas de ciúmes de um triângulo amoroso (que ninguém viu se formar ou se desenvolver e que é bem machista, assim como o resto do livro), mas há outras expressões de “personalidade” simplesmente jogadas, por exemplo, quando o padre fica indignado ao descobrir que o prefeito estava vendendo para os colonos terras que na verdade pertenciam aos índios – o que é bem hipócrita, pois algumas páginas antes esse mesmo padre estava pedindo a um cowboy que matasse os nativos.

A arte também não me agradou. A coloração das imagens usa texturas muito feias, que deixam as páginas sem contraste e difíceis de ler. Além disso, não sei por que as onomatopeias não foram traduzidas, mas isso deixou alguns trechos bem esquisitos.

Não sei o que esta onomatopeia quer dizer no original, mas para mim parece que a nave chegou festejando. EEEEEEEEE \o/

Não sei o que esta onomatopeia quer dizer no original, mas para mim parece que a nave chegou festejando. EEEEEEEEE \o/

Com essa história fraca e nenhum bom atributo, Cowboys & aliens foi uma das piores HQs que já li. Fico aqui me perguntando o que levou um editor a selecioná-la – apenas mais um dos aspectos sem explicação nesta obra.

Cowboys & aliens
Autor: Scott Mitchell Rosenberg
Tradutor: André Gordirro
Editora: Galera Record
Ano desta edição: 2011
112 páginas

Incoerências favoritas:

Acabei de encontrar estes frascos cheios de algo desconhecido e brilhante. Acho que vou dar um tiro nisto.

Acabei de encontrar estes frascos cheios de algo desconhecido e brilhante. Acho que vou dar um tiro nisto.

Por que este capitão está checando as condições atmosféricas DEPOIS de descer da nave? Não é à toa que será vencido pelos cowboys mais burros de toda a ficção.

Por que este capitão está checando as condições atmosféricas DEPOIS de descer da nave? Não é à toa que será vencido pelos cowboys mais burros de toda a ficção.

DSCN4964

O índio acaba de encontrar estes óculos alienígenas superpotentes e mal explicados. Então ele vê uma moça branca bonitona na beira do rio. Tem um conflito moral sobre se deve ou não espiar a moça. E fim, essa história para por aí e nunca mais sabemos se o índio é um tarado incontido ou não. Que pena.

O índio acaba de encontrar estes óculos alienígenas superpotentes e mal explicados. Então ele vê uma moça branca bonitona na beira do rio. Tem um conflito moral sobre se deve ou não espiar a moça. E fim, essa história para por aí e nunca mais sabemos se o índio é um tarado incontido ou não. Que pena.

4 respostas em “[Resenha] Cowboys & aliens

  1. Caramba! Hahaha Eu não li, nem assisti, mas me parece que a única coisa que a fez ser selecionada para ganhar adaptação foi o nome! São cowboys E aliens na mesma história!

    “Não sei o que esta onomatopeia quer dizer no original, mas para mim parece que a nave chegou festejando. EEEEEEEEE \o/” HAHAHAHA

O que achou deste post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s