[Resenha] Sandman – Volume 5: Um jogo de você

Esta resenha foi feita com base na edição em inglês da Vertigo. Todas as traduções, porém, correspondem à edição da Panini Books, cuja tradução é assinada por Jotapê Martins.

Figura 00 CapaSinopse:

Em Um jogo de você, Neil Gaiman leva ao limite a frágil fronteira entre sonho e realidade. Quando acordada, Barbie (de A casa de bonecas) mora em um apartamento minúsculo e vive sem dinheiro. Quando dorme, porém, ela é a esperança de um mundo imerso em guerra. Nesse mundo, ela lidera uma missão sem esperança contra um ser conhecido apenas como o Cuco. Para enfrentá-lo, dependerá de um grupo que inclui animais falantes, um travesti, um casal de lésbicas, uma pedinte urbana, uma cabeça decapitada falante e uma bruxa. O livro mistura realidade, sonho, bruxaria e questões de identidade sexual para mostrar que poucas coisas podem ser tão perigosas quanto uma poderosa fantasia de infância.

Fonte: Livraria Cultura
Continuar lendo

[Resenha] Androides sonham com ovelhas elétricas?

androidesSinopse:

Rick Deckard é um caçador de recompensas. Na tentativa de trazer algum alento e sentido à sua existência em uma Terra devastada, Deckard busca melhorar seu padrão de vida até que finalmente consiga substituir sua ovelha elétrica por um animal verdadeiro – um sonho de consumo que vai além de sua condição financeira.
Um novo trabalho parece ser um ponto de virada para Rick: perseguir seis androides fugitivos e aposentá-los. Mas suas convicções podem mudar quando percebe que a linha que separa o real do fabricado não é mais tão nítida quanto ele acreditava.

Fonte: Editora Aleph

Continuar lendo

[Resenha] Jardins da lua

jardinscapaSinopse:

Desde pequeno, Ganoes Paran decidiu trocar os privilégios da nobreza malazana por uma vida a serviço do exército imperial. O que o jovem capitão não sabia, porém, era que seu destino acabaria entrelaçado aos desígnios dos deuses, e que ele seria praticamente arremessado ao centro de um dos maiores conflitos que o Império Malazano já tinha visto.

Paran é enviado a Darujhistan, a última entre as Cidades Livres de Genabackis, onde deve assumir o comando dos Queimadores de Pontes, um lendário esquadrão de elite. O local ainda resiste à ocupação malazana e é a joia cobiçada pela imperatriz Laseen, que não está disposta a estancar o derramamento de sangue enquanto não conquistá-lo.

Porém, em pouco tempo fica claro que essa não será uma campanha militar comum: na Cidade do Fogo Azul não está em jogo apenas o futuro do Império Malazano, mas estão envolvidos também deuses ancestrais, criaturas das sombras e uma magia de poder inimaginável.

Fonte: Editora Arqueiro

Continuar lendo

[Resenha] A filha perdida

untitled

Sinopse:

Aliviada depois de as filhas já crescidas se mudarem para o Canadá com o pai, Leda decide tirar férias no litoral sul da Itália. Logo nos primeiros dias na praia, ela volta toda a sua atenção para uma ruidosa família de napolitanos, em especial para Nina, a jovem mãe de uma menininha chamada Elena que sempre está acompanhada de sua boneca. Cercada pelos parentes autoritários e imersa nos cuidados com a filha, Nina parece perfeitamente à vontade no papel de mãe e faz Leda se lembrar de si mesma quando jovem e cheia de expectativas. A aproximação das duas, no entanto, desencadeia em Leda uma enxurrada de lembranças da própria vida – e de segredos que ela nunca conseguiu revelar a ninguém.

Fonte: Intrínseca

Continuar lendo

[Resenha] Savana de pedra

Sinopse:

Imagine se fosse possível traçar um paralelo entre a vida selvagem da selva africana e a violência da vida nas metrópoles durante a ocupação das escolas públicas em meados de 2016, ponderando o interesse da mídia na divulgação de ambos os eventos. É essa a proposta de “Savana de Pedra”, uma metáfora visual em preto, branco e vermelho que vai fazer você procurar um lugar seguro em meio a tanta selvageria.

Fonte: Saraiva

Continuar lendo

[Resenha] Baseado em fatos reais

Sinopse: Em uma obra em que o leitor é levado constantemente a questionar o que lhe é apresentado, Delphine de Vigan constrói um clima confessional, sombrio e opressivo para expor a obsessão do mercado editorial e do cinema pelas narrativas baseadas em fatos reais. A linha tênue entre verdade e mentira oscila para enriquecer uma poderosa reflexão sobre o fazer literário e questionar as fronteiras entre aparentes dicotomias, como real e ficção, razão e loucura, público e privado. Um livro brilhante, que joga com os códigos da autoficção e do thriller psicológico.

 

Continuar lendo

[Resenha] Nós

nós capaSinopse:

D-503 é um engenheiro que vive pleno e feliz (exatamente como ordena o grandioso Estado Único), mas começa a duvidar das próprias convicções ao conhecer uma misteriosa mulher que comete a ousadia de burlar regras, e que o contamina com a doença chamada imaginação. Escrita em 1923, a renomada distopia Nós imaginou a vida sob um governo totalitário que eliminou por completo a noção de individualidade, em uma história que inspirou clássicos como 1984 e Admirável mundo novo.

Fonte: Editora Aleph

Continuar lendo

[Resenha] The Fifth Season

Esta resenha foi feita com base na edição da Little, Brown. A tradução dos trechos foi feita por mim.

fifthSinopse:

É assim que o mundo acaba… pela última vez. Uma estação de finais se iniciou. Ela começa com a grande fissura rubra através do coração do único continente do mundo, expelindo cinzas que bloqueiam o sol. Começa com morte, com um filho assassinado e uma filha perdida. Começa com traição e feridas dormentes emergindo para infeccionar. Esta é a Quietude, uma terra familiarizada com a catástrofe, onde o poder da terra é empunhado como uma arma. E onde não há misericórdia.

Fonte: Little, Brown

Continuar lendo

[Resenha] Você já é feminista!

feministaSinopse:

O livro apresenta 23 textos de autoras como Djamila Ribeiro, Luísa Marilac, Lola Aronovich, Nana Queiroz, Amara Moira, entre outras ativistas atuantes na Primavera das Mulheres – que colocou em evidência as novas faces do feminismo na era da Internet. Nos textos, temas como ambiente de trabalho, divisão de tarefas domésticas, machismo, tabus sexuais, parto, legalização do aborto, maternidade e família são discutidos na forma de ensaios acessíveis e introdutórios, que juntos formam um panorama das novas vertentes da discussão sobre gênero atual e sobre os direitos da mulher. Com apresentação da filósofa Marcia Tiburi.

Continuar lendo