[Resenha] Maria Bonita: sexo, violência e mulheres no cangaço

mariabonitaSinopse:

Nos anos 1920, mulher decente não largava o marido, quanto mais para fugir com cangaceiro. Mas Maria Bonita não seguiu as regras. Abandonou o casamento para se juntar ao bando de Lampião, passou fome, sede e foi constantemente perseguida pela polícia. Sua história desfaz a ideia de que, no cangaço, homens e mulheres tinham direitos iguais. Abusadas sexualmente, desrespeitadas em seus direitos mais fundamentais, dentro ou fora do bando as mulheres viviam subjugadas aos desejos dos homens.

Fonte: Objetiva

Continuar lendo

[Resenha] Bartleby, o escrivão: uma história de Wall Street

bartlebySinopse:

“– Você poderia me contar qualquer coisa a seu respeito?’
– Acho melhor não.”
Repetida mais de 20 vezes, a frase “Acho melhor não” é uma espécie de leitmotiv, ou fio condutor, da obra-prima de Melville. A história é contada pelo sócio de um escritório de advocacia de Nova York, que se esforça para desvendar a misteriosa e impenetrável personalidade de Bartleby, um escrivão que se recusa resolutamente a realizar qualquer tarefa, sem apresentar nenhuma justificativa para tal. O fascínio pela postura do funcionário impede o advogado de tomar medidas enérgicas e, quando finalmente decide fazê-lo, é confrontado com a mesma negativa inabalável. Por que Bartebly age como age? Por que sua austera recusa tem tamanha força? Somos, nós, incapazes de lidar com aquilo que não oferece explicações? A cada resposta evasiva de Bartleby abre-se a fresta para a entrada do insólito no cotidiano do escritório de advocacia e até da vizinhança de Wall Street.

Fonte: Ubu

Continuar lendo

[Resenha] Democracia

2019-democraciaSinopse:

Democracia começa em 490 a.C., com Atenas em guerra. Nosso herói, Leandro, está tentando instigar seus camaradas para a batalha contra um inimigo muito mais poderoso, e começa a recontar sua própria vida. O que se revela é uma história de bravura, perigos e grandes ideias, da morte dos deuses e do tortuoso nascimento da democracia. Repleto de personagens extraordinários e de cores vibrantes, Democracia oferece uma nova visão de como veio a existir a maior de todas as invenções cívicas.

Fonte: Martins Fontes

Continuar lendo

[Resenha] A curva do sonho

curvadosonhoSinopse:

Em um mundo assolado por instabilidade climática e superpopulação, George Orr, um cidadão pacato e mundano, descobre que seus sonhos têm o poder de alterar a realidade. Quando acorda, o mundo que conhecia tornou-se um lugar estranho, quase irreconhecível, em que apenas ele tem a memória de como era antes.

Sem rumo, ele busca a ajuda do Dr. William Haber, psiquiatra que logo deixa de lado o seu ceticismo e entende o poder que George possui, transformando-o em um peão de um perigoso jogo, em que o destino da humanidade fica mais ameaçado a cada instante.

Fonte: Morro Branco

Continuar lendo

[Resenha] Despertar

despertarSinopse:

Há vida inteligente lá fora e é ela que salva a humanidade de si mesma. Quando Lilith Iyapo desperta após 250 anos de animação suspensa, descobre que o planeta Terra e os humanos sobreviventes de uma guerra catastrófica estão sob a guarda dos Oankali, alienígenas com habilidades e tecnologias impressionantes, além de uma aparência repulsiva.
Lilith foi escolhida para Despertar e preparar outros humanos para retornarem à Terra, que está novamente habitável – mas em condições bem diferentes do que conheciam. Assim, o grupo precisará desenvolver habilidades de sobrevivência, enquanto Lilith terá que superar as próprias suspeitas para liderá-los nessa nova etapa. E decidir se vale a pena desafiar os limites que nos definem como humanos.

Fonte: Morro Branco

Continuar lendo

[Resenha] Fun Home: uma tragicomédia em família

funhomeSinopse:

Pouco depois de revelar à família que é lésbica, Alison Bechdel recebe a notícia de que seu pai morreu em circunstâncias que poderiam indicar um suicídio. Nesta aclamada autobiografia em quadrinhos, Bechdel explora a difícil, dolorosa e comovente relação com o pai.

Fonte: Todavia

Continuar lendo

[Resenha] As horas vermelhas

ashorasvermelhasSinopse:

Neste romance ferozmente imaginativo, o aborto é mais uma vez ilegal nos Estados Unidos, a fertilização in vitro é proibida e uma emenda constitucional concede direitos de vida, liberdade e propriedade a todos os embriões. Em uma pequena cidade pesqueira no Oregon, quatro mulheres muito diferentes vivem os dramas causados por essas novas imposições do governo enquanto levantam tradicionais questionamentos relacionados a maternidade, identidade e liberdade.

Fonte: Planeta

Continuar lendo

[Vídeo] Você está lendo sob pressão?

Ler mais e mais rápido, batendo suas metas de leitura e se sentindo muito produtivo. Se esse é um objetivo para você, e se você tem se cobrado para alcançá-lo, vamos ter uma conversa. Do ponto de vista de pessoas que leem por profissão, para projetos pessoais, para estudos e por hobbies, nós vamos contar para vocês os lados negativos de toda essa produtividade.

[Resenha] No tempo dos feiticeiros

No tempo dos feiticeirosSinopse:

A escritora e ilustradora Cressida Cowell deixa os vikings de lado para uma nova trilogia, sobre os antigos tempos em que havia feiticeiros, bruxas, guerreiros… e magia. No tempo dos feiticeiros mostra a guerra entre duas tribos: os feiticeiros, que eram mágicos, e os guerreiros, que não eram. Esta é a história de Xar, um menino feiticeiro cujos poderes ainda não despertaram, e de Desejo, uma menina guerreira cujo maior sonho é ser reconhecida pela mãe. Xar e Desejo foram ensinados a odiar um ao outro, mas terão que superar as diferenças e enfrentar um mal que pode destruir seus lares. Repleto de ilustrações divertidas, ação, humor e reflexões, No tempo dos feiticeiros segue à risca a receita de sucesso de Como treinar o seu dragão e promete encantar os leitores.

Fonte: Intrínseca

Continuar lendo