[Resenha] Sombras

capasombrasSinopse:

Um lobisomem pressente quando vai morrer. Esta é a história de Domenico Trovatelli, o lobisomem mais velho do mundo. Enquanto se prepara para sua última transformação em um convento no interior de Minas Gerais, Nico conta sua história. Uma história de espada e magia, sangue e flores, lealdade e amor.

Fonte: Amazon

 

 

Sombras é um conto do universo da Galeria Creta, do qual a novela Lobo de Rua (confira a resenha aqui) foi a primeira publicação. Na cronologia desse universo, o conto se passa logo depois da novela. E devo dizer que gostei ainda mais desta história do que da primeira.

Por ser mais curta, foca-se apenas em um grupo de personagens. Em Minas Gerais, Tito Agnelli – que foi apresentado em Lobo de Rua – encontra-se com antigos colegas, a maioria lobisomens, para ouvir uma última história de Domenico, o lobisomem mais velho do mundo. Depois de 1600 anos de vida, este pressente a chegada da morte (mais um detalhe interessante criado pela autora para o seu mundo) e quer concluir a vida cercado por amigos, recordando alguns dos momentos mais significativos da sua trajetória.

E a história que conta nos leva de volta ao passado e ao Velho Mundo, e retoma uma outra mitologia – que não vou falar qual é, porque a descoberta foi uma surpresa deliciosa. Adoro histórias que conseguem reunir elementos – mitológicos, históricos etc. – distantes entre si e dar a sensação de que estamos num universo com muitas histórias entrelaçadas, em que os elementos fantásticos permeiam tudo que achamos conhecer, e é exatamente o que Jana consegue aqui.

Além de descrições que conseguem evocar a atmosfera interiorana e idílica de Minas Gerais, o grupo de personagens é apresentado de modo rápido e eficaz, caracterizados com a rapidez necessária ao conto. Gostei deles de cara e achei todos possíveis candidatos a aparecer em outras histórias. Além disso, apesar da presença de Tito, não se faz referências a Lobo de Rua, de modo que acho bem possível ler o conto sem ter lido a novela primeiro.

O final deixa um gostinho de mistério que cria ainda mais questões sobre o mundo. Minha única reclamação é ter que me despedir de Domenico logo depois de conhecê-lo. Fica o pedido oficial por mais histórias com o lobisomem! Tenho certeza de que há outros momentos interessantes em seus 1600 anos…

*

Sombras
Autora: Jana P. Bianchi
Ano de publicação: 2016
40 páginas
Compre na Amazon!

4 respostas em “[Resenha] Sombras

  1. Oi, Isa.
    Sua resenha me convenceu a colocar Sombras no topo da lista de leitura. Por ter adorado Lobo de Rua, eu já queria ler de qualquer forma, mas confesso que estava adiando para ler outras obras. Agora reconheço que fazer isso foi um erro, porque estou louca pra vivenciar essas histórias do Domenico. ❤

    Beijos,
    Celly.
    http://www.melivrando.com/

  2. Esse conto é muito bom mesmo! E, realmente, Domenico merece ter mais histórias contadas (assim como Tito e todos os outros personagens, haha).

    Recomendo também “Analogia”, que foi publicado na nona edição da Trasgo; o conto não se passa no universo da Galeria Creta, mas é muito bom, também.

    Abraço!

O que achou deste post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s