[Semana Tartarugas até lá embaixo] Livros sobre transtornos mentais

tartarugasEsta semana, os blogs parceiros da editora Intrínseca vão fazer uma série de posts especiais relacionados a Tartarugas até lá embaixo, mais recente lançamento de John Green. Um dos temas principais do romance é o TOC, que afeta tanto a vida do autor como de sua protagonista. Como já comentei na resenha, o livro aborda esse transtorno muito de perto, e é sempre bom poder, através da literatura, conhecer mais sobre a realidade das pessoas com transtornos mentais.

Listei aqui três livros que fazem retratos interessantes (e um que mostra de forma questionável) da vida dessas pessoas.

 

*

por-lugares-incriveisPor lugares incríveis

Theodore Finch tem o hábito de subir na torre mais alta da escola e se equilibrar no parapeito da janela, imaginando que vai cair. Até que um dia ele encontra uma garota prestes a se jogar e a convence a desistir disso. Os dois desenvolvem uma amizade e a trama vai revelando o que levou cada um deles até o topo da torre. Com conflitos muito tensos, esse é um livro emocionante sobre bipolaridade e suicídio.

clarossinaisClaros sinais de loucura

Com esse título sugestivo, o livro de estreia de Karen Harrington é um infantojuvenil sobre Sarah Nelson, uma garota que mora com o pai e vive mudando de cidade para fugir de uma tragédia. Quando Sarah era um bebê, sua mãe tentou matá-la – e conseguiu matar seu irmão gêmeo. Agora, a mãe vive em um hospital psiquiátrico, e a garota tem medo de herdar a “loucura” dela. É uma leitura rápida e leve, apesar dessa temática tensa.

culpaAté que a culpa nos separe

Esta é mais uma história envolvendo os transtornos dos pais de uma personagem. Erika é filha de uma acumuladora e cresceu em meio ao caos. Isso moldou a sua personalidade e muitas de suas escolhas pessoais, e vai também influenciar o rumo da história contada pela autora Liane Moriarty (que é maravilhosa, leiam os livros dela).

Os 13 porquêsos-13-porques

Recentemente adaptado em uma série da Netflix, este romance young adult causou muita polêmica. Ele conta os treze motivos que levaram a adolescente Hannah a cometer suicídio, em uma história perturbadora sobre perseguição e bullying. Porém, tanto o livro como a série foram acusados de não fazer um retrato realista de transtornos mentais e até de incentivar o suicídio. De fato, a personagem de Hannah é mal trabalhada na série e principalmente no livro, do qual não gostei muito.

*

Você tem indicações de outros livros sobre esse tema? Compartilhe comigo aqui nos comentários!

O que achou deste post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s