[Resenha] Extraordinárias: mulheres que revolucionaram o Brasil

extraordinarias-capaSinopse: Dandara foi uma guerreira negra fundamental para o Quilombo dos Palmares. Bertha Lutz foi a maior representante do movimento sufragista no Brasil. Essas e muitas outras brasileiras impactaram a nossa história e, indiretamente, a nossa vida, mas raramente aparecem nos livros. Este volume, resultado de uma extensa pesquisa, chega para trazer o reconhecimento que elas merecem. Aqui, você vai encontrar perfis de revolucionárias de etnias e regiões variadas, que viveram desde o século XVI até a atualidade, e conhecer os retratos de cada uma delas, feitos por artistas brasileiras. O que todas essas mulheres têm em comum? A força extraordinária para lutar por seus ideais e transformar o Brasil.

Fonte: Editora Seguinte

Continuar lendo

[Resenha] Uma breve história do tempo

breve-historia-do-tempoSinopse:

Uma das mentes mais geniais do mundo moderno, Stephen Hawking guia o leitor na busca por respostas a algumas das maiores dúvidas da humanidade: Qual a origem do universo? Ele é infinito? E o tempo? Houve um começo e haverá um fim? Existem outras dimensões além das três espaciais? E o que vai acontecer quando tudo terminar? Com ilustrações criativas e texto bem-humorado, Hawking desvenda desde os mistérios da física de partículas até a dinâmica das centenas de milhões de galáxias do universo. Para o iniciado, é uma bela representação de conceitos complexos; para o leigo, é um vislumbre dos segredos mais profundos da criação.

Fonte: Intrínseca

Continuar lendo

[Especial] Evento – Como se constrói um mundo

Começou nesta quinta-feira, véspera do Dia do Orgulho Nerd, o evento O Futuro é o Corpo, a Tecnologia é o Presente. Sediado no recém-inaugurado Sesc Paulista, em São Paulo, o evento promove uma série de bate-papos e oficinas sobre a literatura de ficção científica e fantasia. No bate-papo que abriu o evento, Daniel Lameira, Cláudia Fusco e Jim Anotsu conversaram sobre o tema “Como se constrói um mundo”. Resumimos neste post alguns dos assuntos tratados!

Continuar lendo

[Resenha] Robô selvagem

robo-selvagemSinopse:

Nuvens deslizavam pelo céu. Aranhas teciam teias elaboradas. Frutas silvestres atraíam bocas famintas. Cogumelos brotavam de folhas em decomposição. Tartarugas mergulhavam nos lagos. Ondas quebravam na praia.
… E uma robô, camuflada na floresta, observava tudo isso.

Fonte: Intrínseca

Continuar lendo

[Resenha] Mindhunter

Sinopse:

Em detalhes assustadores, Mindhunter mostra os bastidores de alguns dos casos mais terríveis, fascinantes e desafiadores do FBI.

Durante as mais de duas décadas em que atuou no FBI, o agente especial John Douglas tornou-se uma figura lendária. Em uma época em que a expressão serial killer, assassino em série, nem existia, Douglas foi um oficial exemplar na aplicação da lei e na perseguição aos mais conhecidos e sádicos homicidas de nosso tempo. Ele confrontou, entrevistou e estudou dezenas de serial killers e assassinos, incluindo Charles Manson, Ted Bundy e Ed Gein. Com uma habilidade fantástica de se colocar no lugar tanto da vítima quanto no do criminoso, Douglas analisa cada cena de crime, revivendo as ações de um e de outro, definindo seus perfis, descrevendo seus hábitos e, sobretudo, prevendo seus próximos passos.

Fonte: Intrínseca

Continuar lendo

[Resenha] Encarcerados

encarceradosSinopse:

Um assassinato ocorre em um quarto de hotel em Washington. Junto à vítima está um homem banhado em seu sangue, que alega não ter sido responsável pelo crime. O caso logo se torna da alçada do FBI, pois envolve uma nova e especial classe de indivíduos. Os hadens são pessoas que, devido a uma síndrome, tiveram sua mente encarcerada em um organismo imóvel. Para viver em sociedade, eles transferem sua consciência para estruturas robóticas ou alugam o corpo de indivíduos saudáveis. A investigação desse assassinato leva agente Shane e sua parceira Vann não apenas a mergulhar no mundo dos hadens, mas a descobrir uma rede de interesses políticos e econômicos envolvendo sua cultura e seus veículos robóticos. Em mais um de seus best-sellers, John Scalzi, ganhador do prêmio Hugo, constrói um mundo futurista plausível e bem explicado. Encarcerados é uma mistura perfeita de ficção científica e romance policial, repleto de intrigas políticas e polêmicas sociais e tecnológicas.

Fonte: Aleph

Continuar lendo

[Resenha] Sonhos elétricos

sonhosSinopse:

Philip K. Dick foi um dos maiores nomes da ficção científica em todo o mundo e encabeça, também, a lista dos autores do gênero mais roteirizados em Hollywood. Os dez contos de sua autoria reunidos nesta edição foram adaptados para a série televisiva britânica Electric Dreams, uma antologia de historias futuristas que, ao mesmo tempo, ilustram a visão profética de Dick e celebram o eterno apelo midiático de sua obra. Seguindo o que a literatura de Dick tem de melhor, os contos de Sonhos elétricos apresentam cenários familiares, mas ao mesmo tempo estranhamente distorcidos, e têm o poder de questionar a realidade e tirar o leitor de sua zona de conforto.

Fonte: Aleph

Continuar lendo

[Lista] Livros YA com temas importantíssimos

A literatura Young Adult ainda é subestimada. É relegada apenas a leitores em formação, e muitas vezes vista como um degrau que precisa levar à leitura de clássicos e de “alta literatura”, mesmo que muitos adultos já reconheçam o valor desses livros e o público adolescente se prove cada vez mais criterioso. Nos últimos 20 anos, o gênero se desenvolveu (não apenas em aspectos literários como também mercadológicos) e as editoras abriram espaço para obras voltadas para adolescentes.

Essas obras não são apenas relevantes, como também inovadoras. Diante de um público leitor cada vez mais exigente, os autores de livros YA têm ousado abordar muitos temas social e politicamente importantes – e nem é preciso dizer que não são temas que interessam apenas a adolescentes.

Separamos algumas indicações de livros dentro de diversas pautas sociais importantes para quem quer dar uma chance ao YA e entender por que esse gênero é cada vez mais relevante.

Continuar lendo

[Resenha] Herland: a terra das mulheres

Esta resenha foi escrita com base no e-book em inglês do Project Gutenberg. Todas as traduções de trechos foram feitas por mim.

herlandSinopse:

Publicado pela primeira vez em 1915, Herland – A Terra das Mulheres é uma novela que coloca os holofotes sobre a questão de gênero. Escrito pela feminista Charlotte Perkins Gilman, o livro descreve uma sociedade formada unicamente por mulheres que vivem livres de conflitos e de dominação. A história é narrada por um estudante de sociologia que, junto a dois companheiros, chega ao lendário país ocupado por mulheres. As diferentes visões dos três exploradores geram um choque cultural com a organização social utópica que terão de confrontar. Herland subverte questões como a definição de gênero, a maternidade e o senso de individualidade. Gilman, nesta obra, cria uma história revolucionária e dá uma importante contribuição às discussões sociológicas sobre os papéis masculino e feminino em sociedades de qualquer época.

Fonte: Via Leitura

Continuar lendo