[Resenha] Termine este livro

capa_minhaSinopse:

Keri Smith estava passeando por um parque quando encontrou um livro de conteúdo profundamente misterioso. As páginas, soltas e embaralhadas pelo vento, pareciam incompletas, e a capa, quase ilegível, exibia as palavras Manual de instruções. Diante desse material curioso, ela decidiu transferir para outra pessoa o desafio de decifrar o que há por trás dessa história estranha.

Fonte: Livraria Cultura

Keri Smith é autora do famoso Destrua este diário, e neste novo livro colaborativo propõe que o leitor complete as páginas de… bem, não fica muito claro no começo. A autora diz que encontrou um “Manual de Instruções” semidestruído em um banco de praça, e que o reconstruiu o quanto pôde, deixando o resto para o leitor/autor terminar.

Mas antes, na primeira metade do livro, Smith propõe atividades diversas ao leitor/autor, instigando-o a realizar “investigações” diversas e a usar a criatividade. Encontramos páginas em branco para ser preenchidas livremente, sugestões de exercícios para mudar a rotina, listas, criação de personagem, e exercícios de observação e memorização, entre outras atividades. Minha preferida: abra o livro mais próximo de você aleatoriamente, ponha um dedo na primeira frase que vir e relacione-a à sua vida!

Já o manual de instruções – spoilers a seguir! – pertence a certa Ordem Secreta da Floresta Perdida, uma sociedade de observação/intervenção na natureza. Suas páginas não exigem que o leitor complete uma história, mas sim que crie sua própria divisão da ordem: para isso, tem que sair de casa, definir um quartel-general e realizar atividades diversas (algumas que podem demorar um bom tempo!).

O livro me confundiu um pouco. A primeira metade é divertida, mas inclui algumas atividades meio sem sentido, como fotos aleatórias que você deve observar e descrever e que jamais são explicadas. Mas o maior problema é que o título da obra é bem enganador: não há uma história que o leitor deve terminar, apenas instruções. O livro serve apenas para registrar seu “progresso”. A ideia de sair por aí e entrar em contato com a natureza – tirando fotos, desenhando coisas que você vê na rua, coletando objetos etc. – é interessante, mas sinceramente não era o que eu estava esperando. E como não estava a fim de demorar meses pra completar o livro, simplesmente li as propostas e fiz as que pude.

Pra quem está curioso e pretende tentar a aventura, recomendo recrutar um ou mais amigos, o que deixa as coisas mais divertidas. A Bárbara e eu, por exemplo, fundamos a Liga dos Velociraptores, cujo QG fica no Parque Trianon, na avenida Paulista.

Nosso mapa “detalhado”.

Nosso mapa “detalhado”.

Principalmente porque somos ótimas em desenhar raptores:

raptor

Quase como ver Jurassic Park.

Enfim, o aproveitamento do livro dependerá do seu humor e da sua boa vontade para fazer o que ele pede. Gostei bastante das páginas que instigavam a imaginação do leitor e foi uma pausa legal de algumas coisas mais pesadas que eu estava lendo, mas achei que a autora poderia ter criado uma proposta mais coesa.

*

Termine este livro
Autora: Keri Smith
Tradutor: Rogério Durst
Editora: Intrínseca
Ano de publicação: 2014
208 páginas

Livro cedido em parceria com a Intrínseca.

8 respostas em “[Resenha] Termine este livro

  1. Nunca fiz nenhum livro interativo justamente por causa do fator tempo. Além do que, me dá certa vergonha imaginar o resultado final do meu projeto se comparado a alguns feitos por esses artistas independentes que estão espalhados pelo país. Quem sabe um dia eu deixe de besteira e tome coragem para arruinar completamente com um livro, mas até lá vou ficar só observando quem faz… rs
    Beijos,
    Isabelle | http://www.mundodoslivros.com/

  2. Poxa, Isa, também achei que havia uma história para completar! Pelo jeito, é bem parecido com “Destrua este diário”. Eu tenho e sou apaixonada pelo livro, mas, no momento, ele está acumulando poeira na minha estante porque nem sempre tenho tempo e inspiração (muito menos, talento artístico) para criar algo nele. E essa imagem do galpão no segundo desenho da Liga dos Velociraptores que você postou também aparece no livro de cartões postais da Keri, o Everything is Connected. Meio repetitiva, né?

  3. Pingback: [Especial] Minhas leituras de 2014 + Planos pra 2015 | Sem Serifa

  4. Pingback: [Resenha] Destrua este diário em qualquer lugar + O mundo imaginário de… | Sem Serifa

O que achou deste post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s