[Semana Victor Hugo] Os miseráveis

lesmisSinopse: 

O fio condutor da obra é o personagem Jean Valjean, que, por roubar um pão para alimentar a família, é preso e passa dezenove anos encarcerado. Solto, mas repudiado socialmente, é acolhido por um bispo. O encontro transforma radicalmente sua vida e, após mudar de nome, Valjean prospera como negociante de vidrilhos, até que novos acontecimentos o reconduzem ao calabouço.

Fonte: Livraria Cultura

Continuar lendo

[Semana Victor Hugo] O Corcunda de Notre Dame

corcundaSinopse:

Na Paris do século XV, a cigana Esmeralda dança em frente à catedral de Notre Dame. Ao redor da jovem, dançam outros personagens inesquecíveis – como o cruel arquidiácono Claude Frollo, o capitão Phoebus, a velha reclusa Gudule e, claro, o disforme Quasímodo, o corcunda que cuida dos sinos. Com uma trama arrebatadora, que tem a cidade de Paris como bem mais do que um mero pano de fundo, Victor Hugo criou um dos grandes clássicos do romantismo francês, de leitura irresistível.

Fonte: Zahar.

Continuar lendo

[Semana Victor Hugo] O autor

Victor-Marie Hugo (1802-1885) foi um dos mais importantes escritores românticos franceses. Escreveu poesia, peças e romances, dois dos quais resenharemos no Sem Serifa esta semana: Notre Dame de Paris, vulgo O corcunda de Notre Dame, e Os miseráveis. Vamos falar um pouco sobre a vida desse grande autor, com direito a várias fotos peculiares!

  • Hugo era o terceiro filho de um major (depois, general) do exército de Napoleão e de uma católica monarquista. Os pais se separaram por motivos políticos e Hugo morou em Elba, Napóles e Madrid, mas voltou a ficar em Paris com a mãe, adotando suas opiniões políticas. Acabou se formando em Direito, mas era um péssimo aluno, e suas lembranças dessa época inspirariam a criação de Marius, de Os miseráveis.

Um jovem Victor Hugo divando na praia.

Continuar lendo