[Com Opinião] Sanderson vs Rothfuss

Bolacha ou biscoito? Toddy ou Nescau? Sanderson ou Rothfuss?

As grandes batalhas da nossa era.

Os rapazes do Grumpycast fizeram um programa para enaltecer Brandon Sanderson e aproveitaram pra jogar lenha na fogueira e perguntar: quem é o melhor entre os dois? Se você não acompanha os grupos de discussão por aí, a comparação entre os autores da Cosmere e da Crônica do Matador do Rei é uma discussão recorrente, talvez porque eles estejam entre os escritores mais populares do gênero (não só aqui como lá fora), com fãs apaixonados dos dois lados.

Para o pessoal do cast, o Sanderson ganha de longe. Quem me conhece sabe que Brandon é meu salvador pessoal, mas sou uma enorme fã do Pat e achei alguns dos argumentos injustos. Mas como devemos respeitar a opinião alheia e aceitar com serenidade visões diferen… haaaa, brincadeira. Eu vim contra-argumentar ponto a ponto. Então vamos ver o que eles disseram!

Atenção: há spoilers da Crônica ao longo de todo o post.

War-Rothfuss-Sanderson

Pat: “Talvez mais majestoso que The Way of Kings.” Brandon: “1000% menos sexo com deusas aleatórias do que em The Wise Man’s Fear.” (x)

Continuar lendo

[Com Opinião] As 5 melhores coisas em Harry Potter and the Cursed Child

Já teve revolta, dor e sofrimento com relação a esse livro. Ontem mesmo, neste mesmíssimo blog. E levando em conta que concordei com vários pontos apresentados pela Isa, me sinto mais leve agora por poder apresentar a lista de aspectos que me fizeram amar esse livro.

triohp

[SPOILERS!] ATENÇÃO: ESTE POST ESTÁ CHEEEEEEIO DE SPOILERS.

Continuar lendo

[Com Opinião] As 5 piores coisas em Harry Potter and the Cursed Child

Eu sou da geração Harry Potter. Eu amo Harry Potter. Mas eu também acredito que você pode, e deve, questionar as coisas que ama. Por isso, embora Albus e Scorpius sejam dois lindos que amo e vou defender e eu tenha gostado de partes da peça, Cursed Child me deixou com mais críticas do que elogios na ponta da língua. Como infelizmente não tenho uma linha direta para a JK Rowling (sorte dela), minhas reclamações ficam registradas aqui.

A seguir, SPOILERS DE TODA A PEÇA!

cc1

Uma representação das minhas expressões ao longo da leitura.

Continuar lendo

[Com Opinião] 5 ideias comuns sobre fanfiction e a verdade sobre elas

Quando alguém começa a falar sobre fanfiction, eu já me preparo psicologicamente. Faço parte de fandoms (comunidades de fãs) há muito tempo, comecei a ler fics na mesma época em que comecei a escolher livros, e nunca abandonei nenhum dos dois: para mim são coisas complementares, e interagir com os fandoms dos meus livros, séries e filmes preferidos é não só um hobby como um modo de consumir literatura, televisão e cinema. Mas pouca gente fora dessas comunidades sabe direito o que é fanfic, quem as produz, para quem, com que propósito etc. E não estou só falando de gente mais velha, que não cresceu com a internet: também encontro opiniões preconceituosas, ou pelo menos equivocadas, entre gente da minha idade.

Pensando nisso, neste post vou responder a 5 ideias bastante comuns sobre esse tipo de texto, que leio muito por aí ou já ouvi pessoalmente. Então vamos lá!

Continuar lendo

[Com Opinião] Sobre Harry Potter, Batman e leitores arrogantes

banner_opiniao2

Estudar, trabalhar, apreciar e escrever sobre literatura é maravilhoso. Mas às vezes, em meio a esse mundo de conversas cheias de amor, empolgação e café, temos que ouvir algumas barbaridades desanimadoras. E hoje eu quero comentar algumas coisas que me deixam bem brava: discursos generalizantes e preciosistas que tenho lido e ouvido por aí a respeito dos livros e da leitura, e com os quais muitos de vocês já devem ter se deparado.

Continuar lendo

[Com Opinião] Precisamos falar sobre o Snape

bannersnapeSemana passada, um vídeo resumindo a trajetória de Snape estava bombando nas redes sociais. O vídeo já tem mais de 6 milhões de visualizações no YouTube, e por todos os cantos se viam pessoas chorando e arrancando os cabelos por causa da história trágica deste “herói”.

A ideia de que Snape é um herói me dá alergia.

Infelizmente nem todos os fãs de HP pensam assim, e pior: a própria JK incentiva essa visão, uma vez que leva o Harry a, bizarramente, chamar um dos filhos de Severus, em vez de homenagear pessoas que o ajudaram porque se importavam com ele e não porque eram apaixonadas pela sua mãe morta, tais como Hagrid ou Lupin. Pô, até o Fred merecia ter sido lembrado. Ou o Moody. Ou o Dobby.

A questão é: precisamos falar sobre o Snape. Acho que a maior qualidade da série são os personagens, complexos e bem desenvolvidos a ponto de permitir discussões por parte dos fãs, e por isso escrevi este post, recordando a história do personagem e explicar meu ponto de vista, que bastante gente compartilha. E também pra tentar entender como raios essa ideia de que o Snape é um herói se disseminou tanto.

Continuar lendo