[Resenha] Everless: prisioneiros do tempo e do sangue

everlessSinopse:

No reino de Sempera, os ricos controlam tudo – até o tempo. Desde a era da alquimia e da magia, horas, dias e anos são extraídos do sangue e vinculados a moedas de ferro. Agora, aristocratas como a família Gerling prosperam por séculos, enquanto os pobres sangram até morrer.

Fonte: Morro Branco

Continuar lendo

[Resenha] Skyward: conquiste as estrelas

skywardSinopse:

Derrotada, devastada e levada quase à extinção, a raça humana se vê presa em um planeta distante, constantemente atacado por misteriosos combatentes alienígenas. A jovem Spensa anseia por se tornar piloto e se juntar à resistência. Quando descobre os restos de uma velha nave, de um modelo que nunca tinha visto na vida, ela percebe que seu sonho pode enfim se tornar realidade.

Fonte: Minotauro

Continuar lendo

[Resenha] Mentes sombrias

mentes-sombriasSinopse:

Do dia para a noite, crianças começam a morrer de um misterioso mal súbito. Em pouco tempo, a doença se espalha e os que sobrevivem a ela desenvolvem habilidades psíquicas assustadoras.
Uma delas é Ruby. Na manhã do seu décimo aniversário, um acontecimento aterrador faz com que seus pais a tranquem na garagem e chamem a polícia. A menina é então levada para Thurmond, um acampamento que segue as diretrizes brutais do governo vigente.
Seis anos depois, ela se torna uma das jovens mais perigosas de Thurmond, embora tenha que esconder isso a todo custo para a própria segurança. Quando a verdade vem à tona, Ruby desperta o interesse de muitas pessoas e precisa escapar às pressas. Fora dali, ela se alia a fugitivos de outros acampamentos e conhece Liam, que lidera uma fuga em direção ao único refúgio para adolescentes como eles. Por mais que queira fazer amigos e ter uma vida normal, Ruby sabe que isso não vai ser possível, porque nenhum lugar é seguro, e ela não pode confiar em ninguém — nem em si mesma.

Fonte: Intrínseca

Continuar lendo

[Resenha] Calamidade

Esta resenha contém SPOILERS dos dois primeiros volumes da trilogia Executores: Coração de Aço e Tormenta de Fogo.

calamidadeSinopse:

Os Executores estão desesperados. Perseguidos por um terrível Épico e desprovidos de seus principais recursos, eles se agarram a seus talentos e inteligência para elaborar novos planos e acabar com os supervilões. Mas David não vai se contentar em buscar a fraqueza dos vilões – entender a origem e as transformações deles pode ser a chave para a salvação definitiva do mundo.

Fonte: Aleph

Continuar lendo

[Resenha] Só escute

soescuteSinopse:

Ano passado, Annabel era a típica “garota que tem tudo”. Agora, porém, ela é a garota que não tem nada: não tem mais a amizade de Sophie; não tem uma família feliz (desde a descoberta do distúrbio alimentar de uma de suas irmãs); e não tem ninguém com quem passar a hora do almoço na escola.
Annabel esconde um segredo, responsável por essa mudança em sua vida. Mas vai encontrar em um amigo inesperado o incentivo para encarar a verdade e enfrentar o que aconteceu na noite em que ela e Sophie brigaram.

Fonte: Seguinte

Continuar lendo

[Resenha] Céu sem estrelas

ceusemSinopse:

Cecília acabou de completar dezoito anos, mas sua vida está longe de entrar nos trilhos. Depois de perder seu primeiro emprego e de ter uma briga terrível com a mãe, a garota decide ir passar uns tempos na casa da melhor amiga, Iasmin. Lá, se aproxima de Bernardo, o irmão mais velho de Iasmin, e logo os dois começam um relacionamento.

Apesar de estar encantado por Cecília, Bernardo esconde seus próprios traumas e ressentimentos, e terá de descobrir se finalmente está pronto para se comprometer. Cecília, por sua vez, precisará lidar com uma série de inseguranças em relação ao corpo — e com a instabilidade de sua própria mente.

Fonte: Seguinte

Continuar lendo

[Resenha] Um milhão de finais felizes

ummilhaoSinopse:

Jonas não sabe muito bem o que fazer da vida. Entre suas leituras e ideias para livros anotadas em um caderninho de bolso, ele precisa dar conta de seus turnos no Rocket Café e ainda lidar com o conservadorismo de seus pais. Sua mãe alimenta a esperança de que ele volte a frequentar a igreja, e seu pai não faz muito por ele além de trazer problemas.

Mas é quando conhece Arthur, um belo garoto de barba ruiva, que Jonas passa a questionar por quanto tempo conseguirá viver sob as expectativas de seus pais, fingindo ser uma pessoa diferente de quem é de verdade. Buscando conforto em seus amigos (e na sua história sobre dois piratas bonitões que se parecem muito com ele e Arthur), Jonas entenderá o verdadeiro significado de família e amizade, e descobrirá o poder de uma boa história.

Fonte: Globo Livros

Continuar lendo

[Resenha] Graça e Fúria

2018gracaSinopse:

Em Viridia, as mulheres não têm direitos. Em vez de rainhas, os governantes escolhem periodicamente três graças — jovens que viveriam ao seu dispor. Serina Tessaro treinou a vida inteira para se tornar uma graça, mas é Nomi, sua irmã mais nova, quem acaba sendo escolhida pelo herdeiro. Nomi nunca aceitou as regras que lhe eram impostas e aprendeu a ler, apesar de a leitura ser proibida para as mulheres. Seu fascínio por livros a levou a roubar um exemplar da biblioteca real — mas é Serina quem acaba sendo pega com ele nas mãos.

Agora, Serina e Nomi estão presas a destinos que nunca desejaram — e farão de tudo para se reencontrar.

Fonte: Seguinte

Continuar lendo

[Com Opinião] Flipop e o preconceito com a literatura YA

WhatsApp Image 2018-06-30 at 08.33.55

Este fim de semana, estive na 2ª Flipop – Festival de Literatura Pop, organizado pela Editora Seguinte. Foram três dias de bate-papos com escritores, tradutores, estudiosos, editores e blogueiros, sobre diversos temas relacionados à literatura Young Adult.

A programação (que envolvia pautas sobre representatividade LGBT, literatura com temas fortes e vozes de escritores brasileiros) já indicava que tanto os bate-papos como as conversas no saguão do evento estariam repletos de gente preocupada com pautas políticas e sociais, diversidade e saúde mental.

São raros os eventos literários com tamanha preocupação com esses temas, e que saibam tratá-los de forma respeitosa. Mas não surpreende que tenha sido assim, pois o YA é um gênero que se preocupa com tudo isso, e que traz essas pautas para seus leitores; o que me faz ficar incomodada ao escutar que tem gente que se recusa a ler livros voltados para jovens.

 

Continuar lendo

[Lista] Livros YA com temas importantíssimos

A literatura Young Adult ainda é subestimada. É relegada apenas a leitores em formação, e muitas vezes vista como um degrau que precisa levar à leitura de clássicos e de “alta literatura”, mesmo que muitos adultos já reconheçam o valor desses livros e o público adolescente se prove cada vez mais criterioso. Nos últimos 20 anos, o gênero se desenvolveu (não apenas em aspectos literários como também mercadológicos) e as editoras abriram espaço para obras voltadas para adolescentes.

Essas obras não são apenas relevantes, como também inovadoras. Diante de um público leitor cada vez mais exigente, os autores de livros YA têm ousado abordar muitos temas social e politicamente importantes – e nem é preciso dizer que não são temas que interessam apenas a adolescentes.

Separamos algumas indicações de livros dentro de diversas pautas sociais importantes para quem quer dar uma chance ao YA e entender por que esse gênero é cada vez mais relevante.

Continuar lendo