[Semana da Mulher] Octavia E. Butler

octavia-butler

Um dos maiores nomes da ficção científica de todos os tempos, Octavia E. Butler nasceu em 1947 na Califórnia, e foi criada por sua mãe viúva, uma empregada doméstica. Por ser extremamente tímida e, como ela mesma se definia, antissocial, passou a maior parte da infância lendo na biblioteca, onde desenvolveu sua paixão pelas revistas de ficção científica. Aos 10 anos, ganhou sua primeira máquina de escrever, e desde então nunca mais parou de criar histórias – mesmo tendo ouvido que negros não poderiam se tornar escritores.

Continuar lendo

[Resenha] Kindred

Esta resenha foi feita com base na edição da Beacon Press. A tradução de trechos foi feita por mim.

kindred

Sinopse:

Dana, uma mulher negra moderna, está comemorando seu 26º aniversário com seu marido quando de repente é transportada de sua casa na Califórnia para o Sul pré-guerra civil. Rufus, o filho branco de um fazendeiro, está se afogando, e Dana foi invocada para salvá-lo. Dana é levada ao passado repetidamente para esse lugar escravagista, e a cada vez sua estadia dura mais, é mais difícil e mais perigosa.

Fonte: Beacon Press

Continuar lendo

[Resenha] Bloodchild

Esta resenha foi feita com base no e-book em inglês da Headline. Todas as traduções de trechos foram feitas por mim.

bloodchildSinopse:

Anos atrás, um grupo conhecido como Terranos abandonou a Terra em busca de uma vida livre de perseguição. Agora eles vivem com os Tlic, uma raça alienígena em extinção cuja única chance de sobrevivência é implantar suas larvas dentro de corpos humanos.
Quanto o garoto Gan é escolhido para ser o portador dos ovos de um Tlic, ele enfrenta um grande dilema: ele será realmente capaz de ajudar a espécie pela qual foi criado, mesmo se isso significa sacrificar a própria vida?

Fonte: Kobo

Continuar lendo