[Com Opinião] Sanderson vs Rothfuss

Bolacha ou biscoito? Toddy ou Nescau? Sanderson ou Rothfuss?

As grandes batalhas da nossa era.

Os rapazes do Grumpycast fizeram um programa para enaltecer Brandon Sanderson e aproveitaram pra jogar lenha na fogueira e perguntar: quem é o melhor entre os dois? Se você não acompanha os grupos de discussão por aí, a comparação entre os autores da Cosmere e da Crônica do Matador do Rei é uma discussão recorrente, talvez porque eles estejam entre os escritores mais populares do gênero (não só aqui como lá fora), com fãs apaixonados dos dois lados.

Para o pessoal do cast, o Sanderson ganha de longe. Quem me conhece sabe que Brandon é meu salvador pessoal, mas sou uma enorme fã do Pat e achei alguns dos argumentos injustos. Mas como devemos respeitar a opinião alheia e aceitar com serenidade visões diferen… haaaa, brincadeira. Eu vim contra-argumentar ponto a ponto. Então vamos ver o que eles disseram!

Atenção: há spoilers da Crônica ao longo de todo o post.

War-Rothfuss-Sanderson

Pat: “Talvez mais majestoso que The Way of Kings.” Brandon: “1000% menos sexo com deusas aleatórias do que em The Wise Man’s Fear.” (x)

Continuar lendo

[Resenha] A música do silêncio

Esta resenha foi feita com base na edição da Gollancz. A tradução de trechos foi feita por mim.

musicaSinopse:

Debaixo da Universidade, bem lá no fundo, há um lugar escuro. Poucas pessoas sabem de sua existência, uma rede descontínua de antigas passagens e cômodos abandonados. Ali, bem no meio desse local esquecido, situado no coração dos Subterrâneos, vive uma jovem. Seu nome é Auri, e ela é cheia de mistérios. A música do silêncio é um recorte breve e agridoce de sua vida, uma pequena aventura só dela. Ao mesmo tempo alegre e inquietante, esta história oferece a oportunidade de enxergar o mundo pelos olhos de Auri. E dá a chance de conhecer algumas coisas que só ela sabe…

Fonte: Livraria Cultura

Continuar lendo

[Especial] #EspalheFantasia

espalhebanner

Hoje, 11 de junho de 2016, é dia de espalhar fantasia! A ideia surgiu num grupo do Facebook e várias pessoas e blogs vão usar a hashtag #espalhefantasia para recomendar 5 séries de fantasia publicadas no Brasil. A seguir, minhas recomendações em vídeo, as resenhas completas de algumas delas e a lista de todo mundo que está participando!

  1. Artemis Fowl, de Eoin Colfer
  2. As crônicas de Artur, de Bernard Cornwell
  3. Mistborn, de Brandon Sanderson
  4. A crônica do matador do rei, de Patrick Rothfuss
  5. Saga do Assassino, de Robin Hobb

Continuar lendo

[Resenha] O príncipe de Westeros e outras histórias

Principe_de_Westeros_lombada25mm_Final.inddSinopse:

Obras inéditas de autores do gênero irão surpreendê-lo com enredos ardilosos e reviravoltas intrigantes. O próprio George R. R. Martin apresenta uma nova história do apaixonante e violento mundo de A Guerra dos Tronos, introduzindo um dos personagens mais canalhas da história de Westeros. Acompanhe grandes autores, como Gillian Flynn, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Scott Lynch e muitos outros, nesta coleção de histórias emocionantes sobre vigaristas, mercenários e ladrões.

Fonte: Livraria Cultura

Continuar lendo

[Lista] 10 personagens que a gente queria ser no Halloween

halloween

Outubro acabou, e chegou o Halloween – aquela data que não está na tradição brasileira, mas que os livros e filmes nos deixam morrendo de vontade de comemorar. No post de hoje, imaginamos quais personagens escolheríamos para as nossas fantasias ideais de dia das bruxas.

Continuar lendo

[Série] A Crônica do Matador do Rei

Esta resenha foi feita com base nas edições da DAW para The Name of the Wind e The Wise Man’s Fear e mantive os nomes no original. A tradução de trecho do livro foi feita por mim.

sdfgdgdfSinopse:

Este livro acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida – o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano – os lendários demônios que assassinaram sua família no passado. Quando esses seres do mal reaparecem na cidade, um cronista suspeita que o misterioso Kote seja o personagem principal de diversas histórias que rondam a região e decide aproximar-se dele para descobrir a verdade. Pouco a pouco, a história de Kote vai sendo revelada, assim como sua multifacetada personalidade – notório mago, esmerado ladrão, amante viril, herói salvador, músico magistral, assassino infame.

Fonte: Livraria Cultura

Continuar lendo