[Resenha] Jardins da lua

jardinscapaSinopse:

Desde pequeno, Ganoes Paran decidiu trocar os privilégios da nobreza malazana por uma vida a serviço do exército imperial. O que o jovem capitão não sabia, porém, era que seu destino acabaria entrelaçado aos desígnios dos deuses, e que ele seria praticamente arremessado ao centro de um dos maiores conflitos que o Império Malazano já tinha visto.

Paran é enviado a Darujhistan, a última entre as Cidades Livres de Genabackis, onde deve assumir o comando dos Queimadores de Pontes, um lendário esquadrão de elite. O local ainda resiste à ocupação malazana e é a joia cobiçada pela imperatriz Laseen, que não está disposta a estancar o derramamento de sangue enquanto não conquistá-lo.

Porém, em pouco tempo fica claro que essa não será uma campanha militar comum: na Cidade do Fogo Azul não está em jogo apenas o futuro do Império Malazano, mas estão envolvidos também deuses ancestrais, criaturas das sombras e uma magia de poder inimaginável.

Fonte: Editora Arqueiro

Continuar lendo

[Com Opinião] Sanderson vs Rothfuss

Bolacha ou biscoito? Toddy ou Nescau? Sanderson ou Rothfuss?

As grandes batalhas da nossa era.

Os rapazes do Grumpycast fizeram um programa para enaltecer Brandon Sanderson e aproveitaram pra jogar lenha na fogueira e perguntar: quem é o melhor entre os dois? Se você não acompanha os grupos de discussão por aí, a comparação entre os autores da Cosmere e da Crônica do Matador do Rei é uma discussão recorrente, talvez porque eles estejam entre os escritores mais populares do gênero (não só aqui como lá fora), com fãs apaixonados dos dois lados.

Para o pessoal do cast, o Sanderson ganha de longe. Quem me conhece sabe que Brandon é meu salvador pessoal, mas sou uma enorme fã do Pat e achei alguns dos argumentos injustos. Mas como devemos respeitar a opinião alheia e aceitar com serenidade visões diferen… haaaa, brincadeira. Eu vim contra-argumentar ponto a ponto. Então vamos ver o que eles disseram!

Atenção: há spoilers da Crônica ao longo de todo o post.

War-Rothfuss-Sanderson

Pat: “Talvez mais majestoso que The Way of Kings.” Brandon: “1000% menos sexo com deusas aleatórias do que em The Wise Man’s Fear.” (x)

Continuar lendo

[Resenha] The Fifth Season

Esta resenha foi feita com base na edição da Little, Brown. A tradução dos trechos foi feita por mim.

fifthSinopse:

É assim que o mundo acaba… pela última vez. Uma estação de finais se iniciou. Ela começa com a grande fissura rubra através do coração do único continente do mundo, expelindo cinzas que bloqueiam o sol. Começa com morte, com um filho assassinado e uma filha perdida. Começa com traição e feridas dormentes emergindo para infeccionar. Esta é a Quietude, uma terra familiarizada com a catástrofe, onde o poder da terra é empunhado como uma arma. E onde não há misericórdia.

Fonte: Little, Brown

Continuar lendo

[Semana da Mulher] Robin Hobb

hobb

Robin Hobb (pseudônimo de Megan Lindholm) publicou o primeiro volume da série Realm of the Elderlings em 1995, e o 16º e último livro está prestes a ser lançado. Quem acompanha o blog sabe que eu dediquei boa parte de 2015 a essa série, que se tornou uma das minhas preferidas. Foram quinze resenhas, nas quais dá para acompanhar minha passagem de fã casual para pessoa sem controle sobre suas emoções que soluça abraçada com o livro.

Nas resenhas eu faço críticas às obras, mas esta semana estamos celebrando nossas autoras preferidas, então vou pular os problemas e focar nos motivos que me fizeram amar esses livros e sua autora. Deixa eu ser tiete, vai…

Continuar lendo

[Resenha] O Protegido

Essa resenha foi feita com base no e-book em inglês da Del Rey. A tradução de trechos foi feita por mim.

wardedSinopse:

Em O Protegido, a humanidade cedeu a noite aos corelings e são poucos os que ainda conseguem se esconder atrás das proteções mágicas, rezando para que elas os conduzam para mais um dia. Conforme os anos passam, as distâncias entre as pequenas vilas se aprofundam. Parece que nada pode deter os demônios ou aproximar a humanidade novamente. Arlen, Leesha e Rojer, crianças nascidas nesses pequenos vilarejos hoje isolados, não se conformam com essa situação. Um Mensageiro ensina ao jovem Arlen que o medo, mais que os demônios, tem paralisado a humanidade. Leesha vê a sua vida perfeita ser destruída por uma simples mentira e se torna uma coletora de ervas para uma velha mulher, mais temida que os demônios da noite. E a vida de Rojer muda para sempre quando um menestrel viajante chega à sua cidade e toca seu violino.

Fonte: Livraria Cultura

Continuar lendo

[Resenha] Mistborn: Secret History

Essa resenha foi baseada no e-book em inglês da Dragonsteel Entertainment e contém spoilers para TODOS os livros de Mistborn, incluindo Bands of Mourning. A tradução de trechos foi feita por mim.

secretcapaSinopse:

Mistborn: A Secret History se apoia na caracterização, eventos e construção de mundo da trilogia original. Lê-la sem esse pano de fundo vai ser um processo confuso, na melhor das hipóteses.

Dizer mais qualquer coisa aqui arrisca revelar demais. Mesmo o conhecimento da existência dessa história é, de certo modo, um spoiler.

Há sempre outro segredo.

Fonte: Kobo

Continuar lendo

[Resenha] Bands of Mourning

Essa resenha foi feita com base no e-book em inglês da Tor Books, e contém spoilers dos outros livros da série Mistborn, incluindo Shadows of Self. A tradução de trechos foi feita por mim.

bandsSinopse:

As Bands of Mourning são as míticas metalminds do Lord Ruler, que deveriam dar a quem as usasse os poderes que o Lord Ruler tinha em seu comando. Um pesquisador kandra volta a Elendel com imagens que parecem retratar as Bands, assim como escritos em uma língua que ninguém consegue ler. Waxilium Ladrian é recrutado para viajar à cidade de New Seran para investigar. Ao longo do caminho ele encontra pistas que apontam para as verdadeiras metas de seu tio Edwarn.

Fonte: Livraria Cultura

Continuar lendo

[Resenha] Shadows of Self

Essa resenha foi feita com base no e-book em inglês da Tor Books, e contém spoilers dos outros livros da série Mistborn. A tradução de trechos foi feita por mim.

shadowscapaSinopse:

Shadows of Self mostra a sociedade Mistborn evoluindo à medida que tecnologia e magia se misturam, a economia cresce, a democracia compete com a corrupção, e a religião se torna uma força cultural crescente. Essa sociedade efervescente e otimista, mas ainda instável, agora enfrenta seu primeiro caso de terrorismo: crimes com a intenção de incitar conflitos trabalhistas e religiosos. Wax e Wayne, ajudados pela brilhante e adorável Marasi, precisam desvendar a conspiração antes que uma guerra civil interrompa o progresso de Scadrial.

Fonte: Livraria Cultura

Continuar lendo

[Resenha] Fool’s Assassin

Essa resenha foi feita com base na edição da Bantam Books e contém spoilers para toda a Saga do Assassino e a trilogia Tawny Man. A tradução de trechos foi feita por mim.

th_b_Hobb_foolsassassinUKSinopse:

FitzChivalry ─ bastardo real e ex-assassino do rei ─ deixou sua vida de intrigas para trás. Vivendo como Tom Badgerlock, Fitz leva uma vida tranquila no campo. Embora seja assombrado pelo desaparecimento do Bobo, dores privadas são postas de lado no dia a dia, pelo menos até que o aparecimento de estranhos pálidos e ameaçadores lance uma sombra sinistra sobre o passado de Fitz… e o seu futuro. Agora, para proteger sua nova vida, o antigo assassino precisará novamente retomar a sua antiga…

Fonte: Amazon

Continuar lendo

[Resenha] Blood of Dragons

Essa resenha foi feita com base no e-book da Harper Collins e contém spoilers para as trilogias anteriores e para os livros anteriores desta. A tradução de trechos foi feita por mim.

91puhtX4DXL._SL1500_Sinopse:

Contra todas as probabilidades, eles encontraram a cidade lendária, mas uma série de desafios se impõe. Sintara, Mercor, Heeby, Relpda e o resto dos dragões lutam para encontrar suas asas ─ e sua independência. Seus acompanhantes humanos também devem enfrentar um desenvolvimento perturbador: estão se transformando em Elderlings, verdadeiros companheiros de dragões. Conforme antigas regras dão lugar a novas alianças, medos secretos e desejos adultos, os guardiões devem redefinir suas vidas enquanto tentam reviver Kelsingra à sua glória passada.

Fonte: Livraria Cultura

Continuar lendo